segunda-feira, 29 de junho de 2009

Mais uma semana a lutar


Olá.
O meu novo peso é 90.6. E eu já não vejo a hora de me ver na casa dos 80!
No fim de semana houve uma aventura gastronómica, num jantar, e o próximo fim de semana também não será totalmente controlado, uma vez que vou estar fora. O que vou comer não será definido por mim, e não me posso por com maniazinhas... vou tentar pelo menos fugir das sobremesas!

Hoje encontrei um papel na carteira do ano passado, onde tinha anotado o peso depois de uma consulta no endocrinologista: 7 de Abril 2008 104.4. Vistas assim as coisas já me sinto uma heroína.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

2 meses: 9 quilos



Dia 25 faz 2 meses que me iniciei na dieta.

E já me questionei as razões que me levaram a fazê-lo, porque ao certo não sei situar o ponto fulcral...
- seria por me sentir velha precocemente
- seria por achar que isso me toldaria a evolução na carreira
- seria por achar que podia estar a pôr em causa a minha relação
- seria por querer valorizar-me e sentir-me bem comigo
- seria por não caber em roupa nenhuma das lojas que gosto
ou por achar simplesmente que estava a tentar enganar-me a dizer que era uma mulher realizada, quando na verdade faltava qualquer coisa

Em Janeiro numa consulta de rotina de planeamento (em que tive que me pesar), a dada altura desato a chorar e peço ao médico qualquer coisa que me anime. Saí de lá com uns antidepressivos, e ele encaminhou-me para as consultas de nutrição (mas só consegui consulta para 18 de Maio). Dois meses mais tarde, sentia-me tão cansada e sem capacidade de fazer nada, que passei na farmácia e saí de lá com umas vitaminas.
Já em Abril, numa consulta de saúde no trabalho, percebo que tenho o colesterol a 250!


Até que de repente juntei tudo e percebi que era o excesso de peso que me deixava deprimida, que me tirava a força e me deixava exausta. E decidir que era hora de fazer qualquer coisa.

Entretanto tive a minha primeira consulta de nutrição, e a próxima é já daqui a duas semanas.

O saldo é bastante positivo: perdi em 2 meses 9.3 quilos. Hoje a balança dava 92.0 Kg.
Eu não podia estar mais feliz e animada para a caminhada que falta, mas muito feliz porque já percorri um terço do caminho. Faltam 22 quilos, mas perder 9 já é uma grande vitória.


Agradeço às meninas que me têm apoiado, que passam aqui para lerem a minha evolução e os meus desabafos,e que me incentivam. Um grande obrigado, pois fazer isto sozinha seria indubitavelmente mais penoso e complicado.

domingo, 21 de junho de 2009

Eu vou caber neste bikini maravilhoso este verão

Pois vou. Aderi ao que vai ser o meu primeiro desafio - caber no bikini!

Nas minhas férias vou usar um bikini como estes aqui:
Sexy, despreocupado, cabelos ao vento, o sol no corpo...

Mas já próximo, tenho um fim de semana na praia com o pessoal da empresa( 2 dias de formação junto ao mar), vamos ver as meninas e os meninos, os patrões, tudo com o corpinho ao léu, e aí vou apostar num visual "beach & chic", com um fato de banho ou monokini, assimétrico como mandam as tendências 2009.




sábado, 20 de junho de 2009

Dia oficial da balança

Olá. Esta semana não fui tão rigorosa no exercício (não fiz abdominais), em vez disso fiz caminhadas, estava completamente sem pachorra para ficar enfiada dentro de casa a fazer exercício depois do jantar. Mas ainda assim, não fiz exercício todos os dias.

A alimentação esta semana correu bem, não cometi grandes loucuras e dei comigo a fazer coisas que provam que ando a muscular a minha força de vontade:

- estava com fome, e apetecia-me mesmo um salgadinho, ou um folhado, mas passei em frente à pastelaria, e continuei até mais abaixo, para entrar na frutaria e comprar pêras!

- cheguei a casa sem saber o que fazer ao jantar, ao que o marido sugere mandar vir pizza, e eu disse que não valia a pena : improvisei uma massa integral com muitos vegetais!


O peso de hoje é 92.8 Kg! O que significa que a semana foi mesmo boa (na semana passada tinha 94.2).
Feitas as contas já perdi 8.5 Kg!

Nota: ando com vontade de correr e já me sinto capaz de o fazer. Tenho que comprar uns ténis de corrida.

terça-feira, 16 de junho de 2009

E se alguém te disser...

E se alguém te disser: "estás mais magra"! É bem capaz de ser verdade!

Desde que me iniciei nesta aventura já ouvi:
- estás mais magra
- nota-se na cara
- nota-se mesmo muito
- observei-te e nota-se bem na tua silhueta
- quantos quilos perdeste?
entre outros...

Já ouvi isto de colegas de trabalho, amigas, familiares...O que responder?
Eu não sei lidar bem com isso e hesito entre dizer "achas que sim?" ou dizer logo: "sim, perdi N kg!".
É um bocado absurdo, sabe bem ouvir, mas não sei o que responder, sem, ou minimizar demasiado os elogios, ou sobrevalorizar a questão.

Não ando por aí a dizer que estou de dieta, mas perante pessoas que me dizem que estou mais magra, não posso fingir que não fiz nada para isso...


Feel so good...

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Dias descontraídos

Esta semana que passou não foi das melhores: não ganhei peso, mas perdi muito pouco...
Comi demasiado pão. Não bebi a água que devia. Tenho bem consciência disso. E tive também uma escapadela gastronómica...

O que salvou a pátria foram as caminhadas.

Peso actual: 94.2 Kg, o que perfaz 7 kg perdidos.

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Amigas & Companhia


Bem, isto já merecia a Tag crónicas pessoais: histórias minhas e de amigas minhas e de ainda menos amigas...


A história que hoje vos trago é minha, de uma amiga minha e da amiga dela.

No ano em que decidi sair de casa e morar perto da Universidade fiquei com a Sofia. Tornamo-nos amigas apesar de tudo. Apesar de tudo porque a Sofia não gostava de limpar e tinha as suas manias: achava que não precisava de limpar a casa de banho porque não a sujava, achava que o meu namorado devia dividir as contas de água, luz e gás, porque dormia no meu quarto e jantava comigo (apesar de não morar lá em casa)...
Mas apesar dessas manias eu gostava dela, e manias temos todos! O que menos gostava e que só mais tarde me apercebi é que ela se queixava dos seus amigos a outros amigos (mas continuava amiga de todos), de maneira que eu fiquei a não gostar de certas pessoas só pelo que ela me contava, e depois também percebi que havia outros amigos dela que não iam à bola comigo, certamente pelo que ela lhes contava, mas ela continuava a dar-se bem com toda a gente. Whatever!

Depois ela foi morar com uma amiga, eu fui morar com o meu namorado. A amiga dela sempre teve o seu feitiozinho peculiar a que muita gente achava graça e outra gente nem por isso; mas era eu que ouvia os relatos intermináveis da Sofia a queixar-se que a Patricia não fazia nada em casa, que não levava o lixo, que não cozinhava, que isto e que aquilo, por isso é normal que eu tivesse sempre um pé atrás com a Pati.

Até que por uma razão estúpida qualquer se chatearam, eu troquei uns mails com a minha amiga em que falávamos sobre isso, eu dizia o que pensava do assunto.
E... adivinhem, a tal Pati ficou a saber de tudo o que eu tinha dito no mail, como???
Pois primeiro inventou que lhe tinham dito, chateou-se comigo como é óbvio, inventou 30 por uma linha, até que admitiu à minha amiga que tinha visto o mail dela! Oh sim, acreditem, é verdade. Mas atenuou a coisa, dizendo que a password da Sofia tinha ficado gravada no portátil dela, e que por isso viu o mail, sem querer! Oh, sim, gosto tanto de piadas giras!

Ou seja, durante uma porrada de tempo a Pati cuscovilhou os mails da Sofia. Bela amiga não?

Ficaram chateadas por uns meses até que ficaram amigas de novo, como se nada se tivesse passado. E parece que no meio da história quem ficou mal fui eu...

Eu no meio disto tudo, não percebo, juro que não percebo como é possível uma pessoa dar tanta prova de ser mau carácter, por outras tantas razões que ficaram por contar, e no final continuam amigas?

Com o tempo, e o afastamento, acabo por falar pouco ou quase nada com a minha amiga Sofia. E uma das razões é: porque, como é que eu vou confiar em alguém que pode a qualquer momento contar as minhas coisas à tal amiga que eu a modos que não aguento? Como é que alguém aceita que traiam a sua confiança e depois está tudo bem? É possível aceitar que a Sofia tenha como amiga uma pessoa que é porreira, cool e divertida mesmo que se divirta a denegrir os outros, com a desculpa que não liga às partes menos boas?

Não para mim não dá. Eu sou sim ou sopas, ou me amam ou me odeiam, não gosto de indefinição ou meio termo.

E à conta deste meu feitio, estou a perder a amizade (pela distância e por não mandar mails, nem telefonar, nem combinar cafés ou jantares) de uma miúda porreira que era minha amiga, por causa de uma gaja mal formada e mesquinha que é a amiga dela!

Esta história é um assombro, e é mesmo por detestar ver-me envolvida em histórias tão infantis, que prefiro manter-me afastada de fontes de problemas, gosto de saber que que posso confiar nos meus amigos, sem sequer pensar no que devo ou posso dizer.

2º dia de mini férias

Ora ontem o sol apareceu finalmente, tal como se dizia!

A manhã para dormir e a tarde foi passada na Natureza, numa bela caminhada de 3 horas! É um sítio que aconselho a toda a gente, e que podem espreitar aqui. E ainda tivemos tempo para ver o festival que todos os anos visitamos.
Tudo estaria bem, se não tivéssemos ido para uma cidade conhecida pelas suas iguarias gastronómicas... mas foi realmente um dia fantástico.

O 3º dia de mini-férias vais ser passado em casa, a por coisas em dia, e como tal, de volta à alimentação equilibrada.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

1º dia mini-férias



Em todo o norte chove, nem sequer dá para andar na rua de guarda-chuva, porque não pára de chover... a feira do livro estava às moscas... e a programação cultural indoor era nula: é assim mesmo, muito exemplificativo este dia de Portugal.

Resultado das compras:

1 vestido preto curto (pelo meio da coxa)

1 vestido cinza pelo joelho

1 camisa sem mangas

1 sandálias rasas

1 calças de ganga tamanho 44 (oh yeahhhh!)


Gostei de muitas mais coisas, mas nem tudo pode vir comigo para casa, houve muitas coisinhas a gritarem:
"leva-me contigo, estou tão farta de estar aqui nesta loja, tu e eu seriamos muito felizes juntas!"

Pois foi, mas não pode ser, e tive que me restringir a meia dúzia de coisas, com a promessa de que quando perder mais peso, volto a comprar mais!

Agora tenho que programar o dia de amanhã. Diz que o tempo amanhã já está melhor! Quero passear, passear, passear!

Mini-férias



A chuva pregou-me uma partida! Já me imaginava na praia, ou por essas cidades fora, de perna ao léu...mas qual quê!
Portanto não sei o que vou fazer... olha vou às compras!

Vou esforçar-me por manter-me nos deslizes zero!

Nota para lembrar: há pouco mais de um mês evitava ver-me ao espelho, e fugia dos reflexos das montras...


Até depois meninas, bons feriados!

domingo, 7 de junho de 2009

Domingo lá fora

O dia de Domingo, é quase sempre desculpa para dormir mais, e acabar por não fazer nada.

Hoje tinha mesmo que me levantar para ir às urnas... por isso, depois do esforço feito de sair de casa, lá fomos nós fazer um percurso pedestre de pequena rota (realmente pequena), só durou uma horita, mas serve para aquecer e preparar para as próximas. Como tinha alguns desníveis, acaba por puxar mais pelas pernas e coxas.

Foi muito agradável, sobretudo porque o tempo deixou que fizéssemos a caminhada sem chuva (mas mal acabamos o céu abriu-se em lágrimas!), a terra molhada e o seu cheiro característico, a barragem sempre ali ao lado... por isso, hoje cumprida a dose de exercício, já não vou fazer abdominais e bicicleta elíptica.

Agora vou comer uma sopinha + meio pão com queijo, e a seguir cama! Que com esta chuvinha sabe muito bem!

Ah, lembram-se de dizer que o meu peso ontem era 95.1? Ah, hoje de manhã uns simpáticos 94.6. Já me sinto mais próxima dos 90 que dos 100, e é uma sensação de leveza maravilhosa!
(nota de segunda feira: hoje já tinha 95.1 de novo, grrrrr, que raiva! acho que vou ter de rever o objectivo da semana...).

Esta semana Deslizes Zero, é tudo o que eu quero! Objectivo da semana: 93.4 no próximo Domingo.

Um grande abraço, e boa semana!

sábado, 6 de junho de 2009

Novo peso

Olá. Hoje é dia oficial de pesagem e afinal, para quem pensava que a semana ia ser igual a zero quilos perdidos, hoje a balança até me alegrou: 95.1. Ou seja, 700 gramas perdidos nesta semana.

A próxima semana será a semana dos deslizes zero.
Não é uma promessa é uma certeza.



Foto de Sherie Beth

Esta semana deixei um ramo de cravos brancos numa capela de São Bento, como agradecimento pela ajuda (afinal já perdi 6 quilos!).

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Semana zero


Uma semana zero é: uma semana em que perdes zero gramas. Esta é a minha semana. Cometi os mesmos erros crassos...

Lembram-se de dizer que não podia passar um dia sem comer? Foi o que aconteceu na segunda porque a bem dizer não tive hora de almoço e não parei.

Lembram-se de dizer que não podia comer pizza? Foi o que comi na segunda porque cheguei a casa demasiado tarde para fazer o jantar.

Lembram-se de dizer que ainda não conseguia resistir e dizer não? Não resisti e comi no dia a seguir a fatia de pizza que restou.

Eu não sou de ferro, mas acho-me inteligente o suficiente... e voltar a cometer os mesmos erros não é uma atitude inteligente!

Isto de achar que já perdemos 5 quilos e que podemos ter um pequeno prazer é uma treta, porque esse prazer vai resultar em mais meio quilo! Ora. Acho que vou fazer um cartaz e colar isso na minha cozinha a ver se aprendo!

E pronto assim tem sido a semana zero.

Apesar de tudo, tenho feito exercício todos os dias, como sopa todos os dias antes do jantar, não como doces nem fritos, nem molhos... porque eu tenho que ficar bem no meu black dress, tenho que focar-me nisso! loll

terça-feira, 2 de junho de 2009

Kefir

Olá.
A propósito de curas naturais e tal, como falei nos posts anteriores, lembrei-me do Kefir ou Flor de Iogurte.

Eu não tomo porque realmente nem de leite simples gosto, e o sabor não me atrai, mas aqui em casa o meu marido toma-o todos os dias.
Acho que se tornou moda e mais de metade das pessoas que conheço ou já o tomou ou fala nele.

O Kefir são uns grãozinhos que em contacto com o leite tem o poder de o fermentar, tornando-o numa espécie de iogurte liquido. Os grãos multiplicam-se a grande velocidade quando colocados em leite (por isso há sempre gente a doar Kefir), hibernam se colocados a temperaturas baixas e pode-se dizer que "morrem" se não forem postos em leite.
O modo de preparo é muito simples, colocar os grãos num recipiente com leite, deixar à temperatura ambiente destapado e 24 horas depois está feito o "iogurte", é só passar no coador, por num copo e tomar, ou guardar no frigorifico.

Apresenta-se vários benefícios da toma do Kefir, entre cura de doenças e prevenção, o que é mais salientado é o seu poder desintoxicante e de regulação do trânsito e flora intestinal. Até na retardamento do envelhecimento da pele e no combate à obesidade aparece associado!

Sites onde podem ler mais:

Quem já o tenha experimentado, convido-o a deixar aqui o seu testemunho. Notam alguma diferença, benefício, etc?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails