quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Na casa do sete



Sim. Hoje a balança mostrou-me 79.8, o que significa que deixo para trás a barreira psicológica dos 80 quilos.
21. 5 Kg perdidos em 4 meses e uma semana.

Estou feliz... mas vou esperar por amanhã, para confirmar o peso ao levantar.

Muitas notícias.
Vou começar a fazer natação: eu que nem nadar sei, lolololol... portanto vou aprender a controlar o pânico da água no nariz.
Já vos tinha contado que tinha começado com o ténis que agora ficará remetido para o fim de semana.
E venho agora da caminhada de uma hora.

Hoje encontrei a minha amiga "anjo da guarda". Começamos a falar há cerca de um ano, só nos encontramos agora esporadicamente, mas é uma pessoa espectacular e sem dúvida que foi ela que me deu uma grande força para começar com os exercício e perder um pouco de peso. Por isso senti-me orgulhosa e até emocionada, ao dizer-lhe hoje (já não nos víamos há cerca de 2 meses) que ela é uma pessoa que faz bem às outras! E é mesmo! A Zé é um anjo que veio à terra para fazer bem a muita gente.

À medida que o peso desce, sinto por vezes terror. O medo de voltar a engordar, voltar a tudo aquilo que eu quero deixar no passado. E rezo para que este seja o início de uma nova vida.

Porque por muito que doa:
- se me dizem que estou bonita agora é porque não estava assim tão bem antes
- se gostam mais do meu corpo agora, é porque gostavam menos antes
- se sou mais atraente agora é porque era menos antes

Pode parecer redundante ou mesmo fútil, mas não me posso voltar a enganar e a viver no "mundo faz de conta que sou gorda mas sou realizada e feliz", isso é um engano. E nesse aspecto eu enganei-me, porque me queria mesmo enganar, ao longo dos últimos 6 anos, e acreditar que estava tudo bem, que eu estava bem, que o meu peso estava bem.

Acorda Electra, e mantém esses olhos bem abertos, não te deixes adormecer, nem enganar.

A banda sonora do momento, e eu que até nem morro de amores pelo fado, é:
António Zambujo
Carminho
Camané
Ana Moura

Boas músicas e boas RA para vocês: não vale desleixar com a chegada do Outono, ok?

10 comentários:

  1. muitos parabéns querida, agora é olhar para a frente, deixa la estar os 80 kg, estão queimadinhos e não vão voltar mais, qt muito podem voltar outros, mas duvido muito, pois estás no sentido certo - em direccão ao 7 ao lado do redondinho 0 ;) Um beijinho e força!

    ResponderEliminar
  2. Electra, eu estou parva com os teus resultados - mais de 20kg perdidos em 4 meses??... e gabo-me eu de ter perdido 9kg em 3 meses :DDD

    Estou mesmo embasbacada...

    MUITOS PARABÉNS
    és grande!..
    (vou fechar o queixo para não cair...)

    ResponderEliminar
  3. o grande poder da electra está á vista d todas. as tuas constatações são reais, mas n t devem desanimar (ainda k t façam sntir um pouco injustiçada), aliás deves ganhar força nelas para te sentires + forte e n tornares a engordar (é o meu actual grande medo).

    Bj

    ResponderEliminar
  4. Primeiro que tudo MUITOS PARABENS, ganhas SAUDE a cada passo que dás e vais continuar assim, já sabes comer e já sabes que a vida sem exercicio, leva-te ao corpo passado.

    Quanto ao restante Electra, desculpa mas tenho que discordar, eu não vivo sonho nenhum LOL, eu sou mesmo assim...FELIZ!!
    Mas esta é so a minha vidinha e apenas a minha opiniaozinha :)

    Beijos e o caminho é sempre em frente.
    Saúde

    ResponderEliminar
  5. Obrigada a todas.
    Mas deixo uma mensagem especial à ultimatum ao peso. Eu falo apenas da minha vida pessoal.
    Bem sei que as pessoas são felizes gordas ou magras.
    A minha realidade é que me enganei a mim mesma: eu não era feliz no meu corpo, não me sentia bem, não gostava do que via ao espelho, evitava os espelhos e as fotos e mantive-me longe da balança durante 6 anos para nem ver quanto pesada. Sentia-me velha antes do tempo e sem energia.

    Entrei em depressão... fingia que acreditava que ser gorda ou magra quando és amada (e eu sou), mas percebi numa conversa há tempos que isso tinha também importância para ele, apesar de me amar gorda ou magra. Pois o amor é para com as pessoas para além do lado físico. Mas o desejo, a libido, tem também outras condicionantes.

    A minha história é longa. Muitas vezes me refugiei na ideia de ser amada, de ser boa no que faço, na minha vida profissional para desleixar o resto. E é isso a que me refiro quando digo que para mim foi um engano.

    Claro que fui feliz durante estes 6 anos!

    Apenas fingia que estava feliz com o meu corpo quando não estava, e além disso o meu corpo inibiu-me de viver muito mais: de sair mais, de me divertir mais, de ser mais espontânea e fazer coisas.

    Não tenho essa facilidade com as pessoas, posso parecer demasiado séria, não faço amizades facilmente... e os meus 100 quilos só me faziam ser mais tímida e inibida.

    ResponderEliminar
  6. Eu entendo, e claro que não estou a personalizar.
    Só te queeria passar a mensagem de que, se voltares a engordar, irás ter força para voltar a emagrecer e não vais ser infeliz por isso, aliás não podes, tens que aceitar, que não somos infaliveis, e que tudo na vida pode ter um retrocesso ( Diabo seja surdo e mudo ), mas que pode acontecer pode ( falaste no medo de voltar a engordar... )
    EM relação a líbido, lá está, todos temos pontos de vista diferentes, eles tb....é como gostar de ter um corpo tatuado ou não...

    Beijos e não interpretes a minha mensagem como um ataque ( rs sou muito da PAZ ), eu so queria mesmo dizer, que discordo, a felicidade tem que existir, SEMPRE, independente do teu peso.

    Para mim, és e será sempre um exemplo, que perseverança e força, seja com 70 ou 100 kilos, e gosto muito de te ler, por isso vi a tua resposta lol, vim mostrar ao meu marido ehehehe...

    Desculpa se não me expliquei bem...

    kissinhos

    ResponderEliminar
  7. Ois=)

    Muitos parabéns por todo o peso eliminado nestes quatro meses! Estás no bom caminho, mantém-te firme no teu objectivo;)

    Quanto à natação: acho que fazes bem! Eu também devia ter aulas, pois não sei nadar. Só nado na banheira. Looool

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Parabéns ... agora é lutar para sair da casa dos 70..
    bjokita

    ResponderEliminar
  9. Antes de tudo, muitos parabéns foi precisa muita coragem e força de vontade.
    Electra, concordo contigo.Apesar do meu marido dizer e demonstrar que me ama,as coisas não são iguais ao que eram e nós somos os mesmos no geral e agora até temos mais coisas a unirem-nos, os nossos filhos, mas eu não sou a mesma fisicamente e penso que isso o afecta mas porque me afecta mais a mim e eu não consigo ser a mulher que era quando era magra não me sinto bonita nem sexy e isso retrai-me inibe-me e por isso não sou a mulher que era quando casamos.por isso quero muito voltar ao que era em todos os aspectos.
    Podes dar-me umas ideias em relaçao á dieta mesmo? o que fazes e o que não fazes?
    Obrigado

    ResponderEliminar
  10. Não vejas os elogios que te fazem como criticas ao que eras há 4 meses atrás. Vê como aquilo que são: elogios, reconhecimento pelo teu esforçço .Parabéns!

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails