sábado, 31 de outubro de 2009

Recorde

Eu não sei como, mas esta semana perdi 2.3 quilos. É um valor anormal e fora do comum. O normal seria perder 1 quilo,valor que nos últimos tempos não tenho perdido nem de perto nem de longe.
Mas se no sábado passado tinha 75.6, hoje acordei com 73.3. E perder mais de 2 quilos numa semana é um colosso!

Animada pelos progressos súbitos, retornei à ginástica após o jantar: abdominais, elíptica e dança. Continuo com a natação duas vezes por semana, o que dá uma média de 30 minutos de exercício diário.

Novo peso, e já só faltam 3.3 quilos para a minha meta dos 70.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Exercício é bom... o sexo é o melhor

Custa começar e eu já me tinha esquecido da energia com que fico depois de 10 minutos abdominais, seguidos de mais 15 de bicicleta elíptica e depois mais 10 a dançar. Uuuuu, é a loucura, fico com a pica toda... para continuar depois ... na cama!
Ai meninas, também me tinha esquecido que o sexo era bom, mesmo bom, tão bom que hoje fiquei o dia toda à espera de chegar a casa. Sim parece que deixei de ser virgem ontem! Lolol, ontem teve realmente o sabor de uma nova descoberta, de uma coisa, boa, excitante e deliciosa. E hoje quero repetir!
Sinto-me uma teenager, doida, saudável e bem disposta! Mas com a sabedoria de uma mulher, que se sente cada dia mais bonita, mais apetecível e desejável, que aprendeu muito sobre si o sobre o mundo, que conquistou muitos dos seus objectivos, mas cuja sede não pára aqui.
E vocês, que têm a dizer sobre o sexo ( e a vida em geral) com alguns quilos a menos?

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Hoje: 75


Pois bem, faltam oficialmente 5 quilos para a meta a que me propus.
Comecei com 101.3 , perdi 26.3 e hoje a balança deu-me 75.

Sei que com 70 quilos ainda estou acima do peso (segundo a médica para mim 68 quilos já é um peso normal, mas o peso ideal é aquele com que te sentes bem- e estas palavras dela pareceram-me muito sábias.

Daqui até 1 de Dezembro quero perder estes 5 quilos. Parece-me uma boa meta, se me aplicar e cumprir aquilo que estou farta de saber.
Isto até Dezembro. Porque na quadra de Natal espero manter.


Agora quanto aos truques que a minha médica me passou para sobreviver ao Natal (ao que parece, podemos aumentar o peso em 2 quilos no mês de Dezembro, pois ingerimos em média mais 500 kcal por dia):
- encher metade do prato com os legumes cozidos e a outra metade com o bacalhau e batatas
- peru assado sobre camada de cebola para escorrer a gordura e nunca regá-lo com o molho que solta
- alternar a comida com frutas laminadas
- não servir só vinho, e alternar entre água e vinho (cada copo de vinho tem 150 kcal!)
- não abusar do azeite (aproximadamente 90 kcal por colher de sopa)
- à sobremesa colocar tudo o que queremos comer num prato pequeno e não repetir
- depois do almoço não ficar em frente à comida, sair para tomar café, passear e andar a pé


segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Início de semana com ânimo reforçado



O tempo não é meu amigo. Dá-me preguiça.
Mas hoje mesmo vou mudar isso. Fui à nutricionista hoje, que é tão porreira que me dá logo imenso ânimo.
Disse-me que é normal a partir de dada altura a perda de peso não ser linear,que é o que está a acontecer comigo!

Deu-me os parabéns pelo peso perdido, e sobretudo pela força de vontade, e capacidade de gerir o emagrecimento sem a sensação de insatisfação. Alertou-me para o facto de que com a natação posso não estar a perder peso mas a perder medidas e a ganhar músculo, o que é muito bom. E além disso trabalha o sistema cardíaco, respiratório, além de proteger a coluna. Por outro lado o ganho de músculo aumenta o metabolismo e faz com que mesmo em repouso gaste mais calorias. só vantagens.

A respeito do corpo ter tendência a voltar ao peso inicial, segundo ela o corpo estava habituado a trabalhar para mais quilos e portanto para ele esse seria o estado normal. Logo, o nosso corpo joga contra nós. Ainda segundo a nutricionista, o corpo assume que um determinado peso é o normal a partir de uma manutenção de peso de 2 anos. Poratanto quando se mantém mais de 100 quilos ao longo de 2 anos, é complicado baixar. Quanto mais próximo da meta, mais complicado ainda: o lado psicológico tem mecanismos que nos fazem abrandar.
Sabiam que para uma pessoa com excesso de peso basta reduzir 5% do seu peso para reduzir em 50% os riscos de saúde associados?

Ela deu-me ainda alguns truques para sobreviver ao Natal, que depois irei postar aqui.

A quem queira começar uma dieta: é possível perder 25 quilos em 5 meses de forma saudável e sem custo. Basta mudar pequenos hábitos e saber equilibrar: consumo de calorias e exercício. Aqui estou eu a prová-lo.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Post nº 100

É um mau dia quando uma colega nos diz que estava a falar de cremes para a celulite e que se lembrou logo de mim (bitch!).
Passa a ser um dia melhor quando chego a casa e a balança dá 75.6. (celulite, ah?! o que é isso comparado com a vitória de ter perdido mais de 25 quilos?)

Para compor o ramalhete vou deixar aqui os meus looks de Outono que se compôe assim:

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Post de ontem, post de hoje


De Ontem
À minha volta há casais grávidos, gente que me diz que ouve o relógio biológico que despertou. E eu fico na dúvida, cheia de duvidas.
Por uma lado sinto vontade de ter um filho em vez de um gato. Mas é uma vontade passageira, não é consistente. Não é uma coisa que eu queira mesmo, agora, já, ou que ache que me faça grande falta.
Ter um filho, visto de forma racional é uma tolice. É fazer tudo e dar tudo por outra pessoa. É abdicar de nós em prol de outro: um ser pequenino mas que vai crescer e tornar-se tão pessoa quanto eu, com qualidades e defeitos. É preciso tempo, dinheiro, espírito de sacrifício. E eu não sei se tenho tudo isso, ou mesmo se quero.

Mas há dias em que isso me bate de uma forma triste e quase nostálgica. Como se fosse algo que quisesse e não pudesse ter.
Questiono a minha relação, questiono se quero mesmo firmar este casamento e ter um filho. É tudo uma tolice, pode parecer tudo uma grande tolice. Tenho um marido que me ama, que faz tudo por mim.

Mas há coisas que por vezes não tolero, que me irritam nele. Até podem ser coisas mínimas, que não são o essencial. até podem ser aspectos que não afectam o nosso amor.

Ainda assim creio que está em tempo de eu pensar o que quero. Será a crise dos 7 anos? Será apenas frustração por ainda não ser mãe?
No fundo eu sei que este post já não terá significado, quando logo à noite voltar aos braços dele, como quem volta a um porto seguro.

De Hoje
(... e realmente voltei a o meu porto seguro, e bastou o gesto de lhe dar a mão para ele perceber as minhas tréguas...
que cessaram os medos, que estou junto dele de novo, que a tempestade amainou dentro de mim, e que podemos baloiçar-nos docemente nas águas calmas;
embalar-me no meu sono, onde o meu peito respira fundo num sono profundo e sossegado, de o saber ao meu lado, vigiando a minha respiração para me abraçar quando em sobressalto regresso dos meus pesadelos)

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Tudo mal

Estava eu a ficar melhor... para ficar pior.
Estou com herpes labial, e odeio, como é óbvio. Pelo que li o herpes pode ser activado pelo frio, pelo stress, mesmo pela febre.
O fim de semana não foi fantástico nem nada semelhante. Creio que estou a travessar uma pequena crise: devo estar a ser afectada pela maternidade e paternidade dos colegas e amigos e isso está a mexer comigo.


sábado, 17 de outubro de 2009

Fly with my Fly London

Olá meninas, obrigada pelos comentários abaixo, pelas dicas, por tudo.
Ontem durante a tarde fiquei muito melhor (depois de dois sulimed). E ontem à noite já saí para jantar, fui ao teatro...ai boa vida.

Hoje, fui fazer umas comprinhas: sapatos. Descobri como algumas de vocês que estou com o pé mais pequeno, de maneira que os sapatos e botas do ano passado estão enormes. E sabem que comprei eu?

Dois pares de botas Fly London, Vou deixar aqui as fotos modelitos (depois mostro umas fotos minhas com elas calçadas, ok?) : a bota alta preta e o botim castanho que amei e a que fui incapaz de resistir


O site da marca: http://www.flylondon.com
São giros, com bons materiais, confortáveis. Uma maravilha e além disso nacionais!

Agora preciso de investir numa boa mala. E voar por aí com as minhas botas!

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Doente


Dores de cabeça. Febre. Dores musculares. Cansaço extremo. Total incapacidade de concentração.
É como me senti o dia de hoje todo. Já engoli dois comprimidos de paracetamol, mas não creio que esteja a resolver o problema. Estou na mesma.

E amanhã tenho de ir trabalhar. Já tenho pilhas de coisas a acumular-se na minha secretária para fazer. E o facto de não conseguir concentrar-me em nada não está a ajudar.

Da forma como me sinto hoje não vai haver exercício, vou jantar e dormir. Já só quero a minha cama.

Update de sexta-feira: começou o corrimento nasal e as dores de garganta!

Remédios caseiros, comprimidos tiro e queda, sugestões? Deixem nos comentários por favor.

A receita da Electra

Em vez da francesinha cometi outro excesso alimentar: caldeirada de peixe. Sempre que fazemos este prato eu como imenso. Com a vantagem de que ele é muito mais leve, nutritivo, saudável e eu adoro.

Entao fica aqui a receitinha, há várias formas de fazer, podem fazer com qualquer peixe e colocar batata, mas eu fiz assim:

Ingredientes:
cebola
tomate
alho
salsa
pimento verde e vermelho
ameijoas
lombos de pescada
lulas

Preparação:
Colocar no fundo da panela as cebolas em rodelas e as ameijoas. Sobre estas os pimentos, os peixes, e a salsa( juntar já um pouco de sal sobre os peixes). Finaliza-se com a camada de tomate em rodelas e sobre ele alhos picados. Tempera-se com sal, e rega-se com um pouco de azeite.
Vai ao lume, e começa a soltar os líquidos onde o prato cozinha. Pode retificar-se os temperos, e adicionar umas gotas de piripiri. Em cerca de 20 minutos está pronto. pode-se sacudir o tacho mas nunca mexer, para não esfarelar os peixes, ok?



Como vêem, trata-se de um prato saudável (não abusar no azeite) , onde tudo coze nos próprios sucos. E é delicioso.
Façam e depois contem-me como ficou.

Podem ver outras formas de fazer aqui:


quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Com desejos

Tenho desejos, ando a salivar por uma francesinha há vários dias.
Um mix de coisas proibidas: pão, queijo, carne frita, enchidos, molhos... e batatas fritas, pois claro.
Chama-se a isto tentação e toda a gente sabe como a carne é fraca.
E não há alternativas light, simplesmente não existem francesinhas pouco calóricas!

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Desafio pessoal


Quero voltar aos meus progressos. E para tal:
- voltar ao exercício diário: 30 minutos por dia
- não comer pão
- não comer queijo e paté

Hoje pequei! Já há muito tempo que ando a pecar.
A partir de hoje volto aos bons hábitos, e só me permito ir às compras se conseguir retomar as boas rotinas. E como prémio, o bom consumismo. :)

Exercício:
Segunda 12 de Outubro: OK
Terça 13 de Outubro: OK
Quarta 14 de Outubro
Quinta 15 de Outubro
Sexta 16 de Outubro
Sábado 17 de Outubro
Domingo 18 de Outubro

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Apelo

Emagrecer é muito bom, até certo ponto.
Nos últimos dias tem sido o desespero de manhã, na hora de escolher o que vestir. Não tenho nada.
As calças estão larguíssimas e só com cintos é que é possível usar, os casacos de Outono e Inverno do ano passado parecem sacos, os vestidos igual, as saias é impossível usar porque caem... não tenho camisolas básicas para esta estação, blusas e camisas só as do Verão.

Sei que vocês passaram pelo mesmo. Eu de repente vejo-me sem roupa e sem muita margem de manobra. Terei que comprar alguns básicos, casacos de inverno que são caríssimos! E vou mandar apertar algumas peças.

Por isso lanço aqui o apelo, as meninas que tenham no armário roupa tamanho 42 (mais coisa menos coisa), que queiram dar, emprestar ou mesmo vender para se verem livres de roupas que já não usam, comentem, mandem-me mail, fotos, propostas de negócios. Deixo o meu mail: electaugusta@gmail.com

Fico a aguardar os vossos contactos. Beijinho para todas e um obrigada por tudo.

domingo, 4 de outubro de 2009

A aparência conta



Sei que me tenho queixado que o peso anda estagnado, mas ontem ao fazer as contas vi que o mês de Setembro perdi 4.6 Kg, o que é bem bom.

O peso de ontem, de antes de ontem e de hoje é 76.4. São 24.9 Kg perdidos, estou mesmo perto dos 25, para depois chegar aos 30!

O que muda para uma pessoa com 25 quilos a menos?
Hoje foco-me na área profissional: e parece que há coisas que mudam.
A aparência conta e apesar de ter sido escolhida pelas minhas capacidades e pelo meu currículo, as restantes colegas tem todas um corpinho invejável, beleza q.b... ou seja dois palminhos de cara que lhes abrem muitas portas. As minhas portas sempre foram abertas a pulso.

Sinto que estou a ser tratada de forma diferente no trabalho.
Porquê? De repente já sou "estupenda", de repente já me dizem que "os clientes afinal não tiraram os olhos de cima de mim", durante as reuniões (a que eu antes não ia), de repente "estou super elegante", assim de repente parece que o meu corpo valoriza o bom trabalho que faço e que já fazia mesmo com mais de 100 quilos. Que era o peso que tinha quando fui contratada por ser boa (profissional), e não por ser boa (fisicamente).

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails