terça-feira, 22 de dezembro de 2009

O espírito Natalício



Toda a gente anda às compras. Pinheiros, luzinhas e tal...
Não sei se é por não ter filhos, ou por nunca fazer o jantar de natal em minha casa (ora na casa dos meus pais ora na casa dos meus sogros) não sinto aquele espírito.
E depois o Natal acaba por ser uma data de obrigações em que tudo supostamente tem de correr bem, em que todos se dão bem.
E nem sempre é assim, ou nunca é assim!
E mais, antes do natal o ambiente de trabalho é um stress. Há coisas para acabar, gente muito mal humorada e intratável, como de resto o é, o resto do ano.
Ou sou eu que estou completamente sem paciência. O que também é verdade e a juntar à falta de educação de outras pessoas é explosivo!

Ai o Natal, o Natal... a comida da sogra que não está para se incomodar com o que eu quero ou devo comer (tudo cheio de banha e azeite, ora pois, iogurtes gordos e açucarados, doces fritos, pão branco e manteiga). Que bom humor só de pensar.
As perguntas da cunhada: trips e stresses que já consigo avistar, desentendimentos por qualquer coisinha... ai o Natal, o Natal.

O Natal seria mesmo bom a dois, ou na minha casa e à minha maneira, onde fosse eu a ditar. Onde não houvesse perguntas sobre o meu emagrecimento, e onde pudesse controlar o que como e a preparação dos alimentos, se tivesse a minha bicicleta elíptica ao pé.
Se não estivesse na casa da sogra e a 300 Km da minha!

What a fuck: é Nalal!

4 comentários:

  1. Como eu te entendo... Podia ser eu a escrever isso!

    ResponderEliminar
  2. concordo contigo...
    bjinhos e bom natal

    ResponderEliminar
  3. oi! Desejo de um Feliz Natal, com tudo de bom!! bjks

    ResponderEliminar
  4. Vim aqui para desejar um feliz Natal! Que todos teus sonhos se realizem e que a gente fique toda boa ano que vem!!!! BJUS!!!!

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails