terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Como perder 35 quilos em 9 meses

Olá.
Muito ausente, shame on me, eu sei!

Pois, venho falar-vos de um mail que recebi a perguntar sobre os meus truques e deixo aqui em jeito de resposta para quem entrar à procura do mesmo.


Ponto 1- e talvez o mais importante
Uma dieta é para a vida, é reeducação alimentar, não funciona se só a levares por um mês ou um ano.

Ponto 2- consulta um médico
O meu médico de família encaminhou-me para as consultas de nutrição do centro de saúde- é gratuito, tu mesmo podes procurar na tua área.

Ponto 3- cria um documento onde anotes religiosamente tudo o que comes
Mesmo antes de começar com as consultas, comecei a anotar numa folha de excel tudo o que comia e a que horas: estes dados foram muito importantes para a nutricionista avaliar os meus hábitos e eu mesma ter consciência do que comia.

Ponto 4- segue um plano alimentar adaptado a ti
Quando fui à nutricionista, ela passou-me este plano : http://aelecta.blogspot.com/2009/05/plano-alimentar.html mas cada um deve seguir algo que seja pensado nas suas necessidades, hábitos, peso, idade, etc...

Ponto 5- cortar o que faz mal
primeiro cortei as pizzas, as massas, o excesso de arroz e batata... cortei os doces, as bolachas, as barras de cereais, os cereais de pequeno almoço, deixei de lado o pão com manteiga, ou mesmo o pão simples durante o dia.

Ponto 6- passar a comer fruta e lacticínios magros entre refeições
passei a consumir iogurtes e leite magro, e queijo só "vaca que ri light", faço dois lanches meio da manhã e da tarde com fruta, iogurtes e leite.

Ponto 7- exercício
comecei por fazer bicicleta eliptica todos os dias 20 minutos (depois do jantar)
depois alternava dias de bicicleta com dias de abdominais
comecei a fazer natação 2 vezes por semana (nesses dias não faço bicicleta nem abdominais)
aos sábados jogo 1 partidinha de ténis
agora corro meia hora no exterior de vez em quando
É muito importante manter uma rotina de exercícios com um mínimo de 30 minutos todos os dias!

Ponto 8- perder peso não é mais que uma equação
Ingerir menos calorias que aquelas que gastas, ou fazer o corpo gastar mais calorias que as que consomes através do exercício.
A segunda hipótese acaba por ser mais fácil, porque não comer deixa qualquer pessoa triste e neurótica!
fazer exercício só vai gastar 30 minutos do teu dia, deixa-te mais feliz e disposto para outros prazeres da vida!

Ponto 9- fintar o apetite depois do exercício
Também fico com muita fome depois do exercício. o ideal era fazer o exercício depois de comer e não meter nada à boca de seguida.
Se ficas com um buraco no estômago, tenta enganá-lo com comida pouco calórica (1 iogurte, 1 pêra), outro truque é beber bastante antes de comer, vai deixar-te cheio e sem espaço para muito. Um truque: Coca Cola zero, é bom, é doce e não tem calorias (atenção o sódio que contém pode causar retenção de líquidos)!

Ponto 10- evitar calorias extra
Abolir o azeite das saladas e reduzir a gordura ao cozinhar; reduzir o consumo de bebidas alcoólicas (o vinho é calórico e abre o apetite), não comer sobremesa.

Ah, e apesar de serem permitidas excepções, não deixar que as excepções se tornem regra!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Meta 65: atingida


A primeira grande meta que tracei foi 70, quando ainda faltava perder 31 quilos (em Abril)... 70 parecia-me um peso aceitável para a minha estatura, lembrava-me de há uns anos ter esse peso e me sentir bem.

Quando cheguei aos 70 (em Novembro), decidi que seria 65 a meta a atingir em 2010. Pois bem, início de Fevereiro e é mesmo esse o meu peso: 65.

Enquanto espero pela consulta da nutricionista questiono-me se 60 seria um peso aceitável, ou atingível, ou mesmo correcto para mim. Não estou magérrima, mas em comparação sou uma outra pessoa - equilibrada, com um peso normal, assim o diz o IMC, e o meu espelho também!

Sei que o meu grande aliado é o exercício. 36 quilos perdidos e a partir de agora: MISSÃO DEFINIR E TONIFICAR

para ler:


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails