quarta-feira, 26 de maio de 2010

Começamos hoje?

E porque não?
Porque não abraçar hoje esse plano tantas vezes metido na gaveta: ser mais feliz, ser mais saudável, ser mais magra.
Se é para começar hoje, não vás a correr despedir-te dos bem amados fritos, bolos e afins. A bem dizer não terás que dizer um adeus definitivo a nada. Well, that´s the formula!
Bem, não é um plano para meia dúzia de dias, nem mesmo uma dieta de verão, é um estilo de vida, e portanto, como o nome indica, é para a vida: TODA!

Porquê começar uma dieta?
Sinceramente, eu não aconselharia ninguém a iniciar uma dieta de ânimo leve. Passei por algumas dietas mal sucedidas e posso assegurar que são um verdadeiro tormento, são desgastantes do ponto de vista emocional e psíquico, levam ao desânimo ou mesmo à perda de auto-estima.
Por isso é que quando me perguntam o que fiz eu para emagrecer, e o que aconselho: eu digo para pensarem se querem mesmo mudar de vida, se estão dispostos a isso, e o que imaginam que iria mudar se perdessem peso.
Eu precisei bater no fundo, entrar em estado depressivo, para ver mais coisas positivas em emagrecer que no prazer que tinha de comer.
E esse é o problema, por vezes as pessoas querem emagrecer mas só conseguem ver as coisas negativas associadas a isso, enquanto endeusam o seu estilo de alimentação do qual não se conseguem desapegar.

Procurar ajuda!
É um problema físico e psicológico de relação com a comida e por isso, acredito que o mais importante para mim foi ter sido encaminhada para as consultas de nutrição e acompanhada por uma nutricionista. Ter alguém que nos segue tem outro peso: o de cumprir os planos, de baixar o peso, de assumir os erros e as conquistas na próxima consulta. Quem se decide a fazer dieta sozinho não sente esta pressão, porque no fundo não há ali o juiz: se a balança acusar mais quilos, só a pessoa irá saber e não tendo que o assumir torna-se mais compassivo consigo mesmo. Além disso só um nutricionista poderá fornecer um plano adequado a cada pessoa, aos seus hábitos e estilo de vida, e que assegure todos os nutrientes que necessitamos.

Mudar os hábitos!
No início, para mim foi importante afastar-me dos alimentos sabotadores: foi importante para fortalecer a vontade, fortalecer-me e conseguir dizer não. Para isso deixei os antigos prazeres: manteiga, queijos, patés, doces, gelados, bolachas, barras de cereais, pizzas, molhos, salgadinhos e aperitivos, charcutaria...
Isso foi importante no início, para conseguir introduzir uma alimentação saudável. Agora já como essas coisas esporadicamente, de forma regrada e em poucas quantidades.
Passei quase um ano em modo RESET and RESTART: isso implicou abandonar velhos hábitos e vícios e substituí-los por boas práticas (às quais me habituei e agora são a minha rotina). E esses hábitos são não só alimentares, mas prendem-se com uma rotina de exercício diário. Compreender que é preciso gastar as calorias que ingerimos e que isso só se consegue através do exercício! E não é preciso passar o dia no ginásio, bastam 20 minutos por dia!

Começar já!
Não vale a pena esperar pelo ínicio da semana ou pelo início do mês, ou esperar que o tempo mude... não podemos andar a arranjar desculpas para desculpar a nossa má alimentação. Sim, é possível começar já hoje a perder os quilos a mais. Basta começar sem medo, acreditar, ter um pouquinho de força de vontade e esperar, porque Roma e Pavia não se fizeram num dia, nem se perde 40 quilos num mês!
No final, posso assegurar que vão olhar para trás e pensar que afinal não foi assim tão difícil.

7 comentários:

  1. Adorei o post electra! E melhor do que ninguém, tu é que podes dar estes conselhos!

    ***

    ResponderEliminar
  2. Só quero chegar daqui a um ano, olhar para trás, e, tal como tu, dizer "afinal até nem foi tão difícil" porque neste momento está a ser. Pensava que à medida que o tempo ia passando (e já vou em qualquer coisa como 1 mês e meio de RA) as coisas se iam tornando mais fáceis. Até houve momentos em que assim foi. Ultimamente não tem sido tanto assim porque sinto falta da comida como conforto emocional. Sei que é um conceito errado, mas foi assim que funcionou ao longo de muitos anos. Neste momento está a ser um dia de cada vez. Luto pelo hoje e acredito que amanhã já estarei melhor.
    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  3. Adorei Electra.
    Apesar de já estares em forma (após uma longa luta contra os quilos) ainda vens cá dar-nos
    apoio, dicas e conselhos.
    Tenho uma enorme admiração por ti. És um grande exemplo. Vi as tuas fotos. O "antes" (apesar de não ver a cara, parecias uma cinquentona) e o "depois" (aí pareces uma teenager...linda e feliz).
    Eu ainda tenho esperança.
    Ainda estou na fase do "RESET and RESTART".
    Mas tu também passaste por isso e VENCESTE. Por isso há MUITA ESPERANÇA!!!

    Bjs :)

    ResponderEliminar
  4. Sem dúvida, és uma das maiores inspirações... Perdeste 40 kgs, eu queria perder 8 e parece tão difícil. as é pra começar hoje e mai nada!! J+á declarei guerra à celulite e tudo ;D

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. mil e um obrigados. sinto que tenho tanto para vos agradecer. Vocês motivaram-me a perder este peso todo, foram apoio, força, animo...
    sinto que tenho também de retribuir, e se puder ajudar com a minha história, o meu exemplo, tanto melhor.

    ResponderEliminar
  6. Electa,

    Sim és um exemplo. E obrigada pelos emails que espero que continuem. Cmo te disse no email começar já comecei em Fevereiro e já perdi cerca de 10 kgs. Mas preciso de mudar a minha atitude. Porque muitas vezes a comida ainda é um conforto. E quando faço um disparate são dias e dias de disparates que me devolvem às vezes 5 kgs. que depois me demoram uma semana a sopa, iogurtes e sumos a perder. É a atitude que tenho de mudar. Sei que sim. Mas também sei que preciso de uns dias. Porque neste momento não consigo comer além de coisas moles (dores de dentes) e não quero dizer que começo só porque sim. Estou a aproveitar para perder o que a última compulsão me fez recuperar. Estou a portar-me bem sim. Mas ainda não estou no plano definitivo que quero seguir.

    Beijinhos

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails