sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Na rota do peso ideal

Os três últimos dias foram sem pão: é um remédio santo! Sopa, fruta, vegetais  carne, e até queijo que acompanhava maçã fatiada, mas pão não! E assim passei de 62.2 para 61.3 hoje.
Quero manter-me focada, fazer exercício todos os dias, afastar-me do que me faz mal. Daqui até o final do mês quero pesar 58. Uma meta de perda de 1 quilo por semana é perfeitamente exequível.

A 18 de Dezembro aguarda-me a razão do meu maior stress. E tenho que ter nessa altura o menor peso para que a cirurgia seja mais eficaz. 56 era o ideal, mas 57 também não é mau.
Eu consigo. Perder peso. Vencer o medo. Ser boa profissional.

No coração vai morrendo aquela ilusão que me ocupou os últimos meses.  Talvez nisso a distância seja boa: 1 mês longe da vista, sem falar, eu não disse nada e ele manteve-se no seu silêncio...  E cresce a certeza do amor que tenho pela pessoa que está ao meu lado.


1 comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails