domingo, 23 de dezembro de 2012

Hoje pesei-me

O medo de ficar gorda assaltava-me, por isso hoje de manhã, pensei "tenho que me pesar". Mesmo com cinta e toda inchada, subi à balança com o pensamento de que neste estado era normal ter 61 Kg.
A abdominoplastia não serviu para retirar gordura, apenas para corrigir um excesso de pele que tinha no fundo da barriga, nem era assim tanto, por isso, apesar de não ter perguntado, deduzo que não me tenham tirado  sequer 1 quilo de bife!

Tinha 60.4: serve de referência para os dias que se avizinham, não quero mesmo aumentar! E depois em 2013 tenho a firme intenção de lutar pelos 56, logo que consiga fazer exercício. São só 4 quilos, e sei que poderei perder isso num mês voltando à natação ou com ginásio: coisas que só poderei fazer em Março! Até lá é comer com muita moderação, e para a semana, se conseguir, começo a caminhar.

sábado, 22 de dezembro de 2012

Alimentação após abdominoplastia

Uma das coisas que sempre me apavorou nesta operação era pensar que seria muito difícil manter o controlo do peso, da alimentação, sobretudo sem exercício.
Ainda por cima com o Natal à porta, por mim, passava essas datas de festas todas à frente, de preferência acordava lisa e sem dores algures no meio de Janeiro (estou a ser optimista).

Até agora tenho sido regrada, também só passaram 2 dias em casa: não como pão quase nenhum, muitos líquidos, frutas, sopa sempre, não como queijos nem outras gorduras...  e esperava poder dizer que consigo manter esta rotina assim por diante. 

Claro que ter uma cinta a apertar-me toda não deixa muito espaço! Mas já estou a ver os doces de Natal todos a olhar para mim, e.... socorro!

A minha nutricionista falou-me da importância de fazer uma alimentação que favoreça a cicatrização,rica em zinco: frutos com cor laranja ou vermelha, peixes e mariscos.
Também tenho tentado consumir mais líquidos, sobretudo na esperança que ajudem a reduzir o inchaço. E talvez quando o médico autorizar possa fazer massagens de drenagem linfática.

Para quem acha que sai da abdominoplastia com o corpo perfeito, desengane-se. E eu realmente não sabia, porque com tanto medo e ansiedade, nem quis ler sobre o assunto.

Espero que daqui a 2 meses quando subir à balança não fique numa depressão maior, causada pelos excessos, e falta de exercício.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Abdominoplastia: 3 dias depois



Os meus dias tem altos e baixos... ora estou à vontade,  vou fazendo pequenas coisas cá por casa, ora me sinto na maior depressão sobretudo quando me olho ao espelho: INCHADA, o pijama e o robe não ajudam claro, mas olhando para a cinta vejo-me com barriga, bem sei que é do inchaço, mas não me imagino a sair à rua assim. Não sei o que hei-de vestir, não quero que ninguém me veja, e não me sentindo bem ando mais nervosa... vou chorando por quase tudo.


Depois penso que não posso ter sexo durante um mês, penso no marido, no que isso poderá significar, não me sinto sexy... já estão a imaginar o filme na minha cabeça.

Sinto-me a entrar em depressão, com medo de estar a engordar, medo de tudo, E tenho falta de respostas, só questões inquietantes  Quando poderei voltar ao trabalho? Será que me vão despedir por ter metido baixa? E o que vou usar por cima desta cinta horrível para disfarçar? E vai notar-se a minha barriga, e a marca da cinta no rabo (tipo cueca à velha)? E só vou poder usar leggins, túnicas e botas rasas? Socorro. Sem vestidos, sem saltos altos, sem ficar bem em nada que vista, sem festas e sem saídas à noite: zero álcool!

Entretanto fui lendo as questões neste forum, que também podem ser úteis a quem está a pensar fazer a cirurgia: http://anossavida.pt/forum/abdominoplastia

Pós-abdominoplastia

Pois é, andei longe do blog, a lidar com o stress da cirurgia para corrigir a pele que restou da minha perda de mais de 40 quilos. Antes da operação andava nervosa, e não conseguia manter-me longe da comida.
A cirurgia em si não custa, mas as dores depois, nem vos conto.
Dois dias após a operação já estou em casa, mal me posso mexer, não há posição para dormir, não há sexo (lol), estou inchada, dói me tudo, e ainda por cima tenho uma cinta muito pouco estética para usar nos próximos 2 meses.
Além disso não posso fazer esforços, exercício nem pensar. Tenho um medo horrível de engordar, sobretudo agora com as festas, que passarei vestida com pijama e roupão...
Não tem sido fácil, aqui fica o meu testemunho, e prometo fotos depois do resultado que não faço ideia ainda!
Estejam à vontade para colocar questões!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails